Camila e Felipe

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Sonhando com o Casamento - Chá da Ivna

Olá, noivinhas sonhadoras!

Hoje o blog trouxe um chá cheio de dicas DIY (Do It Yourself - Faça você mesmo) pra vocês se inspirarem bastante! Eu conheci a Ivna enquanto estudava em Viçosa-MG, ela nos encanta com seu sorriso e sua convicção sobre tudo o que acredita! A Ivna casou recentemente com seu grande amor, o Bethowen... em breve postarei as fotos da sessão pré-casamento e do Casamento que foi lindíssimo e a cara deles!

O depoimento dela foi cheio de detalhes sobre o chá de lingerie dela que foi um sucesso e que teve ajuda da família e das amigas queridas para colocar tudo em prática:

"Em ritmo de casamento, tudo vira uma correria, e a gente começa a se perguntar se vai ter tempo (e dinheiro) para fazer tanto “chá”. O Chá de Panela (ou de casa nova) já é bem tradicional, e a maioria faz. Mas com o crescimento e evolução da indústria casamenteira, inventaram outros chás interessantes e bem úteis, por sinal. São os “chás” de roupas íntimas. O mais conhecido é o Chá de Lingerie, mas hoje em dia existe até mesmo o Chá de Cueca (Sim, acredite! Meu marido fez, mas não vou entrar em detalhes aqui). Bom, vim compartilhar a experiência do meu chá com aquelas que estão nesse ritmo frenético e se perguntando se vale a pena (financeiramente) fazer o Chá de Lingerie, e também para aquelas que ainda nem começaram a pensar nisso, ou mesmo pra você que ainda nem noivou! Ideias boas sempre devem ser compartilhadas, e acredito que vocês vão poder usufruir bastante dos frutos da minha experiência.
Primeiramente: vale a pena? SIM, SIM e mil vezes SIM! Vou ser breve. Eu também estava na correria. São muitos detalhes que a gente nem sonha e que vão aparecendo às vésperas do grande dia. Pra vocês terem noção, no dia do meu Chá eu estava com a boca inchada do lado direito (vejam nas fotos) porque tinha tirado os dois dentes sisos uma semana antes, e essa era a única data que podia fazer isso. Enfim, fui em frente mesmo assim e curti a minha festa de boca inchada e tudo mais.
Fiz o meu Chá de Lingerie 3 meses antes do casamento. Não tinha dinheiro pra gastar com isso e nem muito tempo para fazer as coisas. Trabalhando, estudando e treinando, simplesmente não dava para fazer inventar muita moda. De início tomei a melhor decisão que poderia ter tomado: convite virtual! Sim, pra quê gastar dinheiro com MAIS um papel que as pessoas vão ler, anotar na agenda e jogar fora? Fiz uma arte linda combinando com o que tinha escolhido pra festa, e enviei pra todas as convidadas pelo WhatsApp mesmo. Todas viram, confirmaram e deu super certo.
Sobre as lingeries: escolhi duas lojas na minha cidade. Em uma eu separei camisolas e pijamas, na outra eu separei conjuntos de sutiã e calcinha. Por mais que você goste do que é MARAVILHOSO e super LUXO, escolha peças mais simples também. Primeiramente porque nem todas as suas convidadas poderão pagar por peças de luxo, e segundo, porque você nem sempre vai querer usar essas peças de luxo. Acredite, um pijaminha de malha e uma camisola sem firulas seeeeeeempre fazem falta.
Sobre as brincadeiras: NÃO É PAPEL DA NOIVA SE PREOCUPAR COM ISSO! Faça como eu, escolha duas amigas (podem ser madrinhas ou não) e deixe-as encarregadas disso. Deixe claro quem são as convidadas (se a mãe vai estar presente, tias do noivo etc) e se livre dessa parte. Escolha bem as amigas e descanse com relação a isso.
Sobre comida: a maioria das pessoas encomenda salgados ou tortas. Veja o que você ama, e gostaria muito de comer nesse dia. É um dia pra desestressar e se divertir. Se tiver alguém da família que saiba cozinhar, aproveite! Peça essa pessoa, compre os ingredientes e é um gasto a menos. Quando você casa muita gente se dispõe a ajudar, e isso é maravilhoso. Entre na onda e usufrua dos benefícios de ser noiva; você vai se surpreender em descobrir quantas pessoas te querem bem! Como o meu chá foi numa época um pouco mais fresca do ano, pedi a uma amiga da minha mãe que fizesse caldinhos, e o cardápio foi esse: caldinho de feijão e caldinho de pinto. Pra acompanhar, algumas torradinhas e complementos. Ficou divino!
Sobre bebida: eu não bebo nada com álcool e nem refrigerante. Optei por suco e água, e todas ficaram satisfeitas.
Sobre doces: Queria algo mais simples, para acompanhar esse clima de casa de vó que o caldinho quentinho dava. Abri mão dos doces tradicionais, e optei por paçoquinha, quindim, brownie e canudinho recheado de doce de leite. Foi um sucesso! Todo mundo amou!
Sobre decoração: essa é a parte que mais preocupa, porque geralmente é a que leva mais tempo, dinheiro e, dependendo, pode ficar muito exagerada ou brega. Eu não quis deixar isso na mão de ninguém. Uma dica de ouro: na falta de recursos, o SIMPLES é sempre o mais bonito. Eu optei por um ‘tema’ mais aconchegante, como disse, com sensação de casa de vó, e aí eu saí pegando plantas emprestadas com quem eu conhecia, vasinhos, bules, bandejas bonitas, xícaras, e juntando tudo deu exatamente o ar que eu desejava. Muitas vezes a gente só precisa olhar pro lado e ver que temos tudo na mão pra fazer uma decoração linda.
Por último mas não menos importante, a lembrancinha: outra coisa que muita gente se preocupa demais e gasta o maior dinheiro. Eu pensei logo em algo que fosse de consumo, nada de enfeite com meu nome pra alguém levar pra casa e ficar juntando poeira na prateleira pra depois jogar fora também. Pensei: nada melhor do que algo para comer. Pesquisando na internet, sempre levando pro lado do simples e prático, achei uma receita de Beijo Quente, aquele amendoim com uma casquinha marrom de açúcar. Sou apaixonada com isso e era super fácil de fazer. Comprei os ingredientes, fiz no dia do Chá, e coloquei em saquinhos de papel kraft. Só no saquinho é que escrevi a data do chá e fechei com um canudinho colorido pra ficar bonitinho. Foi delícia e lindo de ver e de comer.

Bom, essa foi minha experiência. Ganhei muita coisa linda, me diverti muito e valeu muito a pena! Como disse e repito: na falta de recursos, faça a opção pelo mais simples, que não tem como errar! Melhor errar pra menos, do que pra mais, como muitos dizem por aí e eu concordo. Só não deixe de fazer. Procure projetos DIY (Do It Yourself = Faça Você Mesmo) na internet, abuse da sua criatividade e você vai ver coisas lindas acontecendo. Boa sorte a todas as noivinhas por aí."

Foi um dia cheio de amor e que rendeu boas lembranças, além de muitas risadas:

























Gostaram? Espero que sim!

Muito obrigada, Ivna, querida, pelo carinho e pelas fotos!

Grande beijo a todas,

Até semana que vem!

Camila.


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Sonhando com o Casamento - Fotos Pós-cerimônia

Olá, noivinhas sonhadoras!

Depois de um tempinho sem postar por causa da correria, hoje teremos um post com uma dica preciosa: reserve um tempo no dia do seu casamento para tirar fotos depois da cerimônia. A fotógrafa Rosélia Lima, que já é queridinha do blog, falou um pouco desse assunto e quero compartilhar as palavras dela com vocês:

"Tradicionalmente, após a cerimônia - enquanto os convidados se dirigem ao local da festa - os noivos realizam uma sessão de fotos... e é uma das coisas que eu como fotógrafa mais gosto de registrar. Afinal, esse é o momento especial deles! E, convenhamos, não é perda de tempo, não é perda de festa... são apenas alguns minutos dedicados a registrar o amor e a alegria do casal em viver o dia tão aguardado e especial de suas vidas.

Neste período, os convidados estarão dirigindo, estacionando seus carros, escolhendo suas mesas, interagindo com o ambiente... E mesmo quando a festa ocorre no mesmo local da cerimônia, os convidados com certeza vão beber alguma coisa, cumprimentar outras pessoas, acomodar-se em seus lugares, contemplar a decoração, etc. O casal só entrará no salão quando todas essas coisas já tiverem acontecido... E eu apoio ocupar esse tempo com FOTOS! Muito melhor do que aguardar dentro do carro ou na sala dos noivos.


O ideal é que as fotos sejam feitas no local escolhido pelos noivos para sua cerimônia ou festa, mas também pode ser feito em outra localidade, de preferência que não fuja da rota entre os dois lugares... e que de alguma forma seja significativo ao casal. 

Então falando diretamente pra vocês "noivinhos", vão aqui os meus argumentos (justificativas, ou apelos) para vocês dedicarem-se a este momento tão lindo:
* mesmo que vocês tenham feito ensaio pré-casamento ou façam ensaio pós-casamento, nada substitui essas fotos; afinal, vocês nunca conseguirão voltar ao grande dia para revivê-lo;
* passado todo nervosismo e ansiedade da cerimônia, tentem imaginar o quanto vocês estarão radiantes... pensem nos sorrisos, olhares e declarações que poderão fazer neste momento;
* essa é a oportunidade de registrar imagens mais elaboradas de vocês com os trajes de casamento;
* as fotos são para sempre, imaginem-se daqui a alguns anos relembrando todos os momentos que viveram até chegar o grande dia."


Gostaram das dicas? Agora vou colocar umas fotos aqui, cheias de amor e emoção, para vocês verem o quanto que esses minutinhos longe da festa fazem a diferença:
















Espero que tenham gostado das dicas!

Pra conhecer um pouco mais sobre o trabalho da Rosélia, acesse o site: www.roselialima.com.br

Beijos,

Camila.

Fotos: Rosélia Lima Fotografia.


domingo, 4 de setembro de 2016

Ensaio Inspiração - Milca e Renan

Olá, Noivinhas Sonhadoras!

Hoje no blog teremos a linda e-session da Milca e do Renan. Eles se casaram dia 19 de julho de 2016, em Limeira-SP, numa cerimônia no final da tarde, que logo mais no blog vou mostrar pra vcs se inspirarem bastante! A Milca é estilista e nos deu uma consultoria sobre trajes de madrinhas de casamento... foi um post super acessado, um sucesso!  





Agora, vamos começar contando um pouco da história de amor dos dois, nas palavras da noiva:

"Conheci o Renan no ano de 2013, quando, foi contratado pela WInner de Limeira, como jogador de basquete. Gaúcho, residente na Espanha por 8 anos, retornou ao Brasil e veio parar na "cidade da laranja" por conta do destino, que já estava planejando nosso encontro. Nos conhecemos pelo Instagram, e um belo dia ele decidiu me adicionar no Facebook (sim, somos um desses casais que começou graças a tecnologia). Depois de dois dias conversando por inbox o dia todo, combinamos de assistir juntos um jogo da NBA e comer um lanche no Mc Donalds. Jamais imaginaria que me apaixonaria por ele naquele dia. Passamos 8 horas conversando. Conversamos sobre tudo, a cada vez ficava mais encantada. Me encantei com sua educação, respeito, a forma que me contava sobre suas experiências pelo mundo. Parecia uma pessoa com tanta coisa pra compartilhar... Antes de ir embora, demos nosso primeiro beijo, e desde então, nunca mais parei de pensar nele. 20 dias depois, ele me pediu em namoro, e começamos nossa história! Namoramos por 8 meses morando na mesma cidade, e logo ele foi morar em outro estado. No começo sofremos bastante com a distância, mas sempre soubemos que o que nós tínhamos, valia a pena manter! Fui morar na China por alguns meses, e quando voltei, no dia dos namorados, fui pedida em casamento! Aceitei sem exitar! Nunca tive dúvidas de que ele era o homem que eu queria passar o resto da minha vida... Desde aquele primeiro encontro, assistindo jogo da NBA e comendo Mc Donalds."

Não é lindo?! Amei a história dos dois! Parece de filme! 

Quem está curiosa para ver as fotos? Nesse ensaio são muitos detalhes para se inspirar: o save the date, a coroa de flores, o look mais urbano e o looks mais leves... reparem que existe uma simetria na combinação do look dos noivos: a combinação de cores escuras, depois do branco e depois do branco e rosa....















Espero que tenham gostado do post e se inspirado muito!!

Milca, obrigada novamente pelo carinho e pelas fotos!

Beijinhos,

Camila.


Bastidores:

Local: Fazenda Santa Gertrudes.
Fotografia: Michel Izaltino e Driely Canton.